domingo, 25 de abril de 2010

Kaya

Kaya

Os fãs de visual kei irão se lembrar da voz clara e poderosa de Kaya na época em que era vocalista da dupla electro Schwarz Stein. De acordo com ele, seu nome significa "o kanryoubinka (um pássaro mítico que vive no paraíso) que canta à noite".

Desde 2006 ele trabalha como artista solo e, enquanto algumas de suas músicas ainda são escritas por seu companheiro de banda Hora, ele também contou com os serviços de outros compositores, como Kalm (ex-Velvet Eden). Ele tem como objetivo expressar um mundo decadente e estético que transcende as barreiras de gênero e sexo e, mantendo esse conceito, experimenta com diferentes estilos, como pop, dance, darkwave, jazz, canções e músicas tradicionais japonesas. Ele escreve todas as letras de suas músicas, e seus versos imaginativos, muitas vezes surpreendentemente obscuros, giram em torno de amor, dor e relacionamentos humanos.

Um cross-dresser conhecido por sua feminilidade, ele sempre aparece no palco com muita maquiagem e em roupas dramáticas. Ele também é um dançarino dedicado, e seus shows, que costumam carregar fortes conotações sexuais, trazem dançarinos suporte e drag queens. Kaya afirma que um de seus ancestrais era um onnagata (ator de kabuki especializado em papéis femininos), coleciona perfumes e é apaixonado por flores, especialmente rosas e flores de cerejeira.

biografia

Kaya começou sua carreira em 1999, como vocalista da banda de Shinkoku Meties, usando o nome Hime. Eles lançaram uma demo tape de duas músicas, Recur to Mind, e a música Gekitsuu no Sora foi incluída em um CD omnibus. Após o fim do Meties, Hime se juntou à banda independente ISOLA como vocalista e letrista. A banda lançou uma demo tape intitulada Over... e o single de duas faixas Egoiste Butterfly.

Em 2001, ele conheceu o tecladista Hora no show de sua banda, Velvet Eden, e, juntos, eles formaram o Rudolf Steiner, mais uma vez com Hime como vocalista e letrista. Diferente da maior parte das bandas visual kei, sua música não contava com nenhum instrumento acústico, sendo completamente eletrônica. A banda lançou duas demo tapes, Perfect Garden e Queen od Decadence, antes de, em 2002, chamarem a atenção de Mana (Moi dix Mois, ex-MALICE MIZER), que os contratou para sua gravadora independente, Midi:Nette, e mudou seu nome para Schwarz Stein. Nessa época Hieme mudou seu nome para Kaya.

Agora arremessados para a popularidade, eles ganharam popularidade rapidamente, tanto na cena visual kei como na cena gótica japonesa, e lançaram dois singles, Queen of Decadence e Current, assim como dois álbuns, New Vogue Children e Artificial Hallucination. Porém, em 2004 a dupla se separou devido a diferenças artísticas.

Apesar da separação, Kaya e Hora permaneceram amigos. Em abril de 2006 eles trabalharam juntos novamente no projeto ANOTHER CELL, e lançaram um álbum, no qual Hora escreveu as músicas e Kaya a maior parte das letras. Além de composições inéditas, ele também contava com versões re-arranjadas de músicas do Rudolf Steiner e do projeto solo de Hora. Em junho de 2006, ANOTHER CELL foi apresentada ao vivo como parte do primeiro show de Kaya como artista solo, ainda que sem Hora, que havia se aposentado dos palcos. O show foi limitado a 400 ingressos, esgotados no primeiro dia.

No mês seguinte Kaya lançou seu primeiro single solo, Kaleidoscope, seguido por um segundo em setembro, Masquerade. Em dezembro, ele lançou seu primeiro álbum, Glitter, e apareceu no festival de três dias Winter Romantic, de KAMIJO (Versailles) e Hitomi (ex-Fatima), junto com bandas como Wizard, UnsraW, HIZAKI grace project e Sugar.

2007 foi um ano movimentado para Kaya. Em fevereiro ele fez seu primeiro show one-man, no Shibuya O-WEST; em abril, lançou o single Ouka Ryouran e se apresentou no evento Shock Wave Vol.1; em julho, lançou o mini-álbum Hyakkiyakou e um quarto single, Camilla, cuja faixa-título foi escrita por HIZAKI (Versailles, HIZAKI grace project), no Halloween. Kaya também acompanhou o Sugar em sua turnê e estrelou como um dos protagonistas junto com os músicos da Sherow Artist Society, KAMIJO, HIZAKI e Juka (ex-Moi dix Mois), no musical rock Node of Scherzo.

Em fevereiro de 2008, Kaya surpreendeu seus fãs com o anúncio de que tinha assinado um contrato major com a Next Music, uma sub-gravadora da Universal, para conseguir uma plataforma maior para promover suas idéias políticas. Em abril, seu primeiro single major, Chocolat, foi lançado, seguido por uma nova versão do álbum Glitter, esgotado, e um DVD ao vivo, Salon de Chocolat, que comemorou seu primeiro show como artista major no Tokyo Cinema Club. Em novembro ele fez sua estréia internacional no Pacific Media Expo, em Los Angeles, Califórnia, onde se apresentou ao vivo e participou de uma sessão de perguntas com os fãs. Em dezembro, Kaya lançou seu segundo single major, Last Snow.

No início de 2009, Kaya mudou seus rumos musicais mais uma vez ao participar de uma turnê que passou por três cidades, intitulada Shinshun Chanson Show. Ele ainda anunciou que seu próximo mini-álbum, Bonjour! Chanson, a ser lançado em fevereiro, irá conter versões cover de conhecidas canções francesas. Em julho lança outro single Ophelia.



Kaya Perfil

vocal

Aniversário: 07/17

Tipo Sanguineo: A


Site Oficial

MySpace

Fonte



Nenhum comentário: